Necessidade Alta Performance – 2 forças externas

Os conceitos básicos de necessidade são as 4 FORÇAS DA NECESSIDADE:
Forças internas:
As forças internas que incitam a “ser quem és” e a te tornares no teu melhor. São forças que estão sempre a moldar a tua Identidade e os teus comportamentos ao longo da vida. As 2 forças padrões pessoais de excelência e obsessão com um assunto são poderosas a determinar a tua capacidade para teres sucesso durante muito tempo.
• 1 IDENTIDADE (elevados PADRÕES PESSOAIS e compromisso com a EXCELÊNCIA
• 2 Obsessão com os assuntos / processos

Na alta performance, uma força externa de necessidade é qualquer fator externo que o motive a ter uma boa performance. É uma “pressão” saudável e positiva. Escolhemos os prazos e obrigações, puxadas em vez de empurradas. A exigência de ter sucesso é do próprio em vez de terceiros. Não são motivadas pela sensação ameaça ou rebeldia, contra o sistema, mas sim as forças externas positivas em função do seu propósito que acham significativo. Fazer as coisas com paixão!

2 fatores necessidade de performance externas são:
Dever, obrigação e propósito sociais
O dever faz-nos fazer as coisas bem, mas o amor faz-nos fazê-las maravilhosamente” Phillips Brooks
Na alta performance à necessidade dever para com alguém ou alguma coisa para além de si.
Há quem conta com elas ou estão a cumprir uma promessa ou uma responsabilidade.
O dever quer dizer que devem alguma coisa aos outros ou que são responsáveis pela performance dos outros (quer alguém tenha pedido aquilo que sentem obrigados ou não).
Na alta performance pode ser ir ao encontro das expetativas ou necessidades das outras pessoas ou como um dever para cumprir normas e valores de um grupo, ou seguir o que está certo ou errado.

Juntando a responsabilidade -responsabilidade de ajudar – a necessidade torna-se ainda mais forte.
Quer isto dizer, se deve alguém fazer as coisas bem e sente que isso vai demonstrar a sua capacidade então sentirás uma maior necessidade de ter uma performance alto nível.
Quando somos avaliados mais vezes + responsabilizados pela performance da equipa – trabalhamos mais e melhor.
No entanto, no imediato pode ser entendido como negativo, exemplo: pais acordarem a meio da noite para trocar as fraldas, faze-lo é a obrigação do amor mais profundo. Os pais queixam-se desta obrigação? Claro, mas a longo prazo aquela obrigação “positiva” ajuda-os a sentirem-se bons pais, o que motiva a faze-lo.
Para pessoas com performances mais fracas, é difícil verem que nem sempre as obrigações são uma coisa negativa e é por isso que identificamos que essas pessoas se queixam mais sobre as suas responsabilidades no trabalho do que os colegas com alta performance.
Uma noção de obrigação com a família, por Ex, pode levar a ir viver para juntos dos pais ou enviar-lhes €. Aquele dever pode parecer uma amarra para muitos, mas cumprir estes deveres também está relacionado com um bem-estar positivo.

No trabalho, quando tens a sensação de fazeres a coisa certa aumentas as emoções positivas e a tua performance.

Como as pessoas altas performance compreendem a necessidade de cumprir as suas obrigações, raramente se queixam sobre as tarefas e os deveres que tem de realizar para obteres sucesso.
É uma coisa positiva amanhã, mesmo que seja uma chatice hoje.

Aprendi que quando temos oportunidade de servir, não nos queixamos sobre o esforço envolvido.

Prazos reais / urgência
“Sem a sensação de urgência, o desejo perde o seu valor” Jim Rohn

Porque é que:
• os atletas trabalham mais nas semanas imediatamente antes de entrar no ringue ou no campo?
• Pessoas de vendas têm melhor performance no final do trimestre?
• Os pais que ficam melhor organizados antes da escola dos seus filhos iniciarem?

Os prazos reais são uma ferramenta subvalorizada em gestão de performance.
Preferimos falar sobre objetivos e cronologias, datas agradáveis para atingir os objetivos. Mas a alta performance acontece apenas quando há prazos reais.
O que é uma data real?
É uma data importante se não for cumprida tem consequências negativas reais e se são reais os benefícios também aparecem.
Todos temos prazos na vida, a diferença é que as pessoas altas performance parecem estar sempre a caminhar com regularidade em direção dos prazos reais e não cumprem prazos falsos.
Prazo falso, é uma atividade mal concebida com a data, que é a preferência de alguém e não tem consequência real se não for realizada.
Ex: quando é enviado um email, Brendon Burchard, menciona algo espetacular sobre o pedido da data fatídica para decidir as suas prioridades de resposta.

Muitas das vezes, os prazos são superados porque as pessoas altas performance querem disponibilizar o seu trabalho ao serviço do mundo.
A realidade é que quando escolhe preocupar-se com os outros e fazer a grande diferença no mundo, o número de prazos vai crescendo.
Os prazos ajudam-nos a por um ponto final entre atividades e concentrar no que tem de ser realizado agora.

(Visited 88 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *